Caravana de Tangará conta com mais de quatro mil pacientes regulados

Caravana de Tangará conta com mais de quatro mil pacientes regulados

Por ERICO NASCIMENTO CAVALCANTE LUZ 10/10/2017 - 11:32 hs
Foto: Gcom-MT/Mayke Toscano

Caravana de Tangará conta com mais de quatro mil pacientes regulados

http://www.mt.gov.br/mt-portal-theme/images/spacer.pngCaravana de Tangará conta com mais de quatro mil pacientes regulados

A expectativa é que o Estado realize 7 mil consultas e 3,6 mil cirurgias oftalmológicas nos 11 dias de evento

Julia Oviedo Gcom-MT 

 

 

 

A pouco mais de uma semana para ter início a 10ª edição da Caravana da Transformação, no município de Tangará da Serra, mais de 4,4 mil pacientes dos 14 municípios beneficiados já passaram pela regulação das secretarias municipais de saúde.

A expectativa é de que nesta edição o Estado realize 7 mil consultas e 3,6 mil cirurgias oftalmológicas durante os 11 dias de evento. A Caravana tem capacidade máxima de realizar até mil consultas e 400 cirurgias diariamente.

Durante reunião com secretários, técnicos e reguladores de Saúde realizada na última sexta-feira (06.10), a coordenação executiva da Caravana da Transformação apresentou um novo sistema desenvolvido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) para a regulação dos pacientes. Segundo a coordenadora de Saúde da Caravana, Simone Balena, a ferramenta que será testada nesta edição servirá para as caravanas futuras.

“A Caravana cresceu não só em estrutura, mas também em atendimentos. A regulação dos pacientes, que é uma espécie de pré-agendamento, se faz necessária por uma série de fatores, mas o mais importante deles é que precisamos ter pelo menos uma estimativa de quantas pessoas passarão por atendimento. E é nesse contexto que surgiu este sistema”, explicou Simone.

A ferramenta permitirá que as próprias prefeituras dos municípios beneficiados insiram seus pacientes que já passaram pela regulação. Algumas condicionalidades para inserção dos pacientes foram criadas com o objetivo de seguir os critérios de atendimento adotados pela Caravana, a exemplo da idade do paciente e a obrigatoriedade do número do Cartão SUS.

“Para os casos de catarata, o sistema só aceita a idade mínima de 55 anos. Pterígio, acima dos 30 anos. Como precisamos que este paciente chegue na caravana com o Cartão SUS atualizado, é imprescindível que o regulador informe o número do cartão quando for inseri-lo no sistema”, disse Balena.

Somente em Tangará da Serra, existem mais de 13 mil idosos, segundo dados do IBGE Censo 2010. Para o prefeito do município, Fábio Junqueira, o programa chegou no momento certo em Tangará, visto que a região já recebeu a primeira Caravana, realizada em Barra do Bugres, em julho de 2016.

“Nós estamos muito felizes que a nossa Caravana aconteceu agora, depois de nove edições já realizadas. Sabemos que o programa cresceu, aumentou a capacidade de atendimento e que melhorou, se compararmos com Barra do Bugres”, destacou o prefeito.

Na oportunidade, o secretário do Gabinete de Governo e coordenador-geral da Caravana, José Arlindo de Oliveira, lembrou que são as parcerias que tornam o programa do Governo um sucesso. “Costumo dizer que a Caravana é um ganha-ganha: ganha o Estado, ganha a prefeitura, ganha a sociedade, que terá acesso aos serviços de Saúde e de Cidadania”, completou Arlindo.

Municípios beneficiados

Além da cidade-sede, outros 13 municípios da região serão contemplados. São eles: Alto Paraguai, Arenápolis, Barra do Bugres, Campos de Júlio, Campo Novo do Parecis, Denise, Diamantino, Nortelândia, Nova Marilândia, Nova Olímpia, Porto Estrela, Santo Afonso e Sapezal.

 

Calendário

Consultas e exames: 17 a 23 de outubro

Cirurgias agendadas: 18 a 27 de outubro

 

Serviços de Cidadania: 19, 20 e 21 de outubro